quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Entrevista com a banda VALENTE!

Hey!

Se tem uma coisa que eu amo nessa vida é poder conversar sobre o meu projeto "Qual é a sua arte?" com pessoas que eu admiro e dessa vez consegui conversar com uma banda que também é integrante da minha playlist e não me decepcionei, os caras são demais! 



Nesse capitulo do "Qual é a sua arte?" o nosso bate papo é com a banda Valente mas antes de tudo, se você não conhece a Valente, você PRECISA ouvir pelo menos uma música para sentir a verdade da banda. Então já vou deixar aqui um vídeo para vocês conhecerem!



Conversamos sobre arte, projetos, música e eles ainda deram um conselho muito bacana para quem sonha em viver de arte. 

Brenda Martins: Quando e como vocês descobriram que viver de arte era o que vocês queriam?

Valente: Sempre fomos muito ligados à música e a arte, desde crianças! Sempre foi um sonho e nunca desistimos dele, mesmo com todas as dificudades nesses 8 anos de Valente

Brenda Martins:  Qual a parte mais difícil de viver de arte no Brasil?

Valente: O cenário de música brasileira é muito variado e tem muitos artistas bons! São muitos obstáculos e dificuldades, a parte mais difícil é não desistir! Com a internet, muita coisa é despejada todos os dias, e o acesso a artistas de todo o mundo é muito fácil! Cabe a nós filtrarmos isso!

Brenda Martins:  Se pudessem, o que fariam para mudar as dificuldades que os Brasileiros enfrentam para iniciar no mundo artístico?

Valente:  Se pudessemos fazer alguma coisa pra mudar seria a questão de música nas escolas ser mais difundida, apoiar mais projetos que envolvem música!
  
Brenda Martins:  Comentem um pouco sobre os seus projetos ligados a musica.

Valente:  Somos donos de uma escola de música em Estância Velha-RS, então temos uma relação com a música diária, muitos artistas possuem outras atividades, empregos, temos o privilégio de poder trabalhar com o que amamos!
Estamos com muitos projetos em andamento, Gravação de CD, videoclipes, temos uma série que se chama "Valente na estrada" e conta um pouco dos bastidores dos Vários shows que estamos fazendo!

Brenda Martins:  Falem um pouco dessa experiência no Super Star, é uma oportunidade incrível e vocês caminharam por toda essa jornada de um jeito brilhante. Vale a pena participar?

Valente:   A Valente pode ser dividida em duas etapas, antes e depois do Superstar! Pra nós foi uma surpresa irmos tão longe no programa, e os frutos estão sendo colhidos

Brenda Martins:  Deixem um conselho para quem sonha em trilhar o mesmo caminho que o de vocês.

Valente:  Nunca desistam... E não façam nada por fazer, por simplesmente terminar a música. Conte sua verdade e as pessoas vão se identificar com isso! Não necessariamente você precisa ser o melhor, mas o melhor que você pode ser sim!

Esse foi o nosso bate papo e queria dizer que o que mais me encanta na Valente é que além de viver de arte eles encontraram uma maneira de passar essa arte a diante com a escola de música. Sempre nos perguntamos "como fazer para ter um mundo melhor?" e a melhor resposta é "com amor", a arte em si é puro amor.
Quem vive do que sonha, finalmente consegue descobrir o real sentido da frase "Viver de amor"

E para te encorajar a nunca desistir eles gravaram um vídeo com um recado, se inspirem e nunca desistam de fazer com que o sonho de vocês se torne real.


Se você quiser ver a série de "Valente na Estrada" clique  Aqui! e para acessar o Facebook clique  aqui!
Foi um prazer conversar com eles e eu espero que vocês tenham gostado também, continuem acompanhando as matérias aqui no blog e se quiser contar a sua história no meu projeto, basta enviar um e-mail para blogheybrends@outlook.com.

Um beijo e até a próxima!


quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Sentimentos em palavras por Roberta Albano.


Oi pessoal!

Hoje temos mais um capitulo na história do projeto Qual é a sua arte?, a história que vocês vão conhecer hoje é de alguém que  coloca seus sentimentos nas palavras e assim consegue encontrar conforto e companhia.

Antes de começar vou relembrar que se você quiser participar desse projeto que acolhe histórias e inspirações basta entrar em contato comigo através do e-mail (blogheybrends@outlook.com) ou alguma das minhas redes sociais.

 Vamos conhecer a história da Roberta!

 Conheci a Roberta em 2011/2012 e ela sempre foi muito artística, tinha uma banda e é dona de uma voz suave, além da música ela se encontrou nos textos onde consegue expressar os seus sentimentos e se compreender.

Faça um breve resumo e me conte o que te move? 


Roberta Albano: Escrever sempre foi para mim uma forma de desabafo. Uma forma de me entender melhor. Eu ia discorrendo sobre o que sentia para conseguir me distrair dos sentimentos e raciocinar. Eu me sentia muito só; deslocada. Escrever sempre foi minha companhia. Depois, virou vicio.




Pra você qual é a parte mais difícil de sonhar em viver de arte no Brasil?


Roberta Albano: Acho que falta um panorama cultural de mais peso. Eu, por exemplo, moro em cidade pequena. Nunca vi nenhum programa de incentivo.

Se você pudesse mudar alguma coisa em relação a isso o que seria? 



Roberta Albano: Faria algum concurso, por exemplo, daqueles em que o ganhador pode publicar um livro ou algo assim. E faria uma boa divulgação disso, pois às vezes até criam algo, mas não chega a notícia em todas as pessoas.


Essa foi a nossa pequena conversa com a Roberta, mas não acaba por ai você pode encontrar mais textos e conhecer mais sobre ela clicando 
AQUI!

  Após cada história que conheço percebo o quanto temos pessoas cheias de amor à arte no Brasil, precisamos nos conhecer e valorizar os artistas do nosso país, garanto que se você der uma chance vai conhecer muita gente que vai te fazer pensar "Nossa, essa pessoa faria muito sucesso se tivesse oportunidade". Vamos nos dar oportunidades!



 Esse foi o Qual é a sua arte? de hoje, mas não deixe de acompanhar o blog e encontrar mais histórias incríveis e se você quiser  ver quem já passou por aqui é só clicar no menu "Qual é a sua arte?" que se encontra abaixo do banner do blog.

 Um beijo e deixem nos comentários o que vocês acharam!

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Tudo sobre minha mudança de visual.

Hey!

Quem me acompanha nas redes sociais deve ter visto que novamente eu passei por uma mudança no visual, dessa vez pintei o cabelo de preto e nesse post vou explicar tudo e mostrar também o resultado final.

Primeiramente tenho que falar que essa não foi a primeira mudança do ano, só de Maio pra cá eu já tive todas essas cores de cabelo e o platinado não durou nem uma semana! Eu amo mudar e enjoo muito fácil do meu rosto, quando uma crise de autoestima chega e se eu tiver dinheiro (haha) é certo que a primeira farmácia que eu passar vou comprar alguma tinta para aprontar.




Passei dois anos com o cabelo completamente natural e isso fez com que eu hoje tenha uma vontade imensa de sempre mudar mas essa vontade tem os seus perigos para a saúde capilar, porque geralmente não dou intervalo grande entre as mudanças. Do loiro pro ruivo foi somente uma semana e do ruivo para o castanho não demorou nem três semanas então você já sabe né? O cabelo fica fragilizado e com isso o número de hidratações e cuidados tem que ser redobrados.

Porque preto?

Resolvi pintar o cabelo de preto dessa vez justamente com a intensão de diminuir as frequentes mudanças e como eu já tive o cabelo preto eu sabia mais ou  menos como ia ficar, então era só pintar e começar a cuidar um pouco mais dele.

Pintei na quinta-feira passada e tive que utilizar duas caixas de tinta pelo comprimento do meu cabelo, a aplicação eu faço em casa mesmo e o resultado ficou além do que eu esperava.  Acho que eu não me sentia bonita assim faz tempo. Lógico que já tive a crise de autoestima mas estou finalmente me sentindo satisfeita com o meu cabelo.


Vantagem x Desvantagem

Uma das maiores vantagens de ter o cabelo preto é que ele "disfarça" o que o cabelo loiro mostra, aquelas pontas duplas, ressecadas e aquele cabelo sem vida ganha uma luz, meu cabelo aparenta estar muito mais saudável, além do brilho que há muito tempo eu não via.

A maior desvantagem do cabelo preto é que se você quiser clarear depois vai ter um trabalho enorme para isso, mas lembre-se, procurar um profissional é essencial.



Cuidados

Desde que pintei estou fazendo hidratações constantes em uma semana fiz 3 diferentes mas que deram um efeito espetacular no meu cabelo.



Resultado



E ai, gostaram??

Semana que vem vai ter vídeo no canal contando um pouco mais sobre as mudanças e também mostrando um pouco de como faço para cuidar do meu cabelo, quais os produtos e técnicas que eu uso.

Deixem nos comentários se gostaram e se tiverem dúvidas eu respondo também!

Um beijo, até a próxima! 

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

5 maneiras de usar Coque!

Hey!

Hoje trouxe um post cheio de inspirações com aqueles que por muito tempo ficaram longe de nossas cabeças mas voltaram com um ar mais despojado e conquistaram o seu espaço de várias formas diferentes. Hoje vamos ver 5 maneiras de apostar no coque e ainda ganhar muitos pontos no estilo.





Usei essa imagem para ilustrar porque esse é um dos meus preferidos, esse ar meio "fada" é a coisa mais linda e com esse cabelo rosa dá um ar ainda mais mágico ao penteado.

1 - Coque estilo princesa Leia!

Esse estilo de coque já é usado desde os tempos de Star Wars mas as formas em que ele vem se apresentando mostram um lado mais moderninho do que o que a princesa Leia usava. 







2 - Meio Coque

Apelidei esse coque de "Tampa de panela", ele tem sido muito usado no dia a dia pra quem quer um penteado simples e prático. Ele até me conquistou mas não tenho volume o suficiente para ter o coque grande como eu queria.




3 - Coque alto

Nada de coque alto certinho e com cabelo completamente esticado, no momento os coques vem com uma forma mais "rebelde". Quanto mais bagunçado, mais bonito e despojado!


4 - Coque Masculino

Além do público feminino o coque tem atingido muitos homens também mas a maioria as vezes não sabe como investir em um visual desses, por isso lembrem-se meninos, não façam um coque só porque está na moda, ele tem que casar com o seu estilo.


5 - Coque com trança

Esse coque com trança na nuca é lindo mas eu nem me atrevo a fazer porque no minimo ia sair tudo torto,  mas quem sabe um dia eu consigo, ele é mais elaborado mas não deixa de ser um coque despojado. 


E ai, gostaram?

Qual desses vocês já usaram? Me contem aqui nos comentários!

Não deixe de me acompanhar no youtube e redes sociais para saber das novidades!

Um beijo. 

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Sobre amar os cachos, mas principalmente amar escolher.


Me lembrem sempre que cabelo cacheado é INCRÍVEL, me lembrem sempre de ter orgulho de ter o cabelo assim mas não tentem impor um novo padrão.


Em 2014 quando assumi o cabelo cacheado passei por um processo de aceitação imenso, depois disso tive várias recaídas e ficava meses refém da chapinha, há alguns anos atrás era difícil ouvir histórias sobre cabelo cacheado e pessoas que se aceitavam como são. Neste meu processo de aceitação eu passava horas escolhendo cremes, inventando técnicas de deixar o meu cabelo O MAIS CACHEADO POSSÍVEL e bom, meu cabelo não era assim, eu passava cremes, gel, difusor, tudo pra fazer com que ele ficasse totalmente cacheado e quando eu conseguia, o efeito não durava por mais de duas horas até que meu cabelo virava um mar de indefinição e eu começava a odiar novamente, esse processo se deu até este ano, até esses dias pra ser mais exata. Por outras vezes, quando eu conseguia o efeito que eu queria eu pensava "SÃO MUITOS CACHOS PARA MIM" e ai eu recorria novamente a minha amiga chapinha que fazia o trabalho de deixar o meu cabelo liso. Ontem, eu estava lavando o cabelo e não estava com a minima vontade de fazer nenhum desses processos então eu só passei um óleo de Argan, nada de cremes, nada de difusor e nada de chapinha. Então eu pensei que meu cabelo ficaria horrível, porque "DEUS ME LIVRE DEIXAR O CABELO SECAR SEM UM CREME", depois de meia hora fui até o espelho e encontrei um cabelo com ondinhas, sem cachos, mas com muitas ondinhas que de uma certa forma me encantaram, joguei o cabelo para um lado, para o outro e aquilo me agradou de certa forma. Acho que pela primeira vez eu me olhei com amor e pensei "Tudo bem não ter cachos aqui agora, tudo bem ele não ser liso também", a questão é que eu não preciso entrar em um padrão de cachos, assim como também não preciso entrar em um padrão de liso, eu simplesmente posso escolher o que eu quiser ser, se hoje eu estou amando meu cabelo sem definição, amanhã eu posso amar ele cacheadão ou lisão, o importante é eu me amar independente da escolha que eu fizer, tenha orgulho das suas raízes e principalmente de quem você é.

A famosa frase "Em terra de chapinha quem tem cachos é rainha" pra mim na verdade é "Em terra de chapinha quem tem cachos pode escolher o que quiser ser".

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Desenhos por Tainá Hinds!

Hey!

Como vocês sabem o nosso projeto "Qual é a sua arte?" está em busca de histórias e você também pode aparecer aqui, basta entrar em contato através do e-mail (blogheybrends@outlook.com). 


 Hoje a história que eu vou contar é de uma amiga que é super talentosa e habilidosa que faz desenhos incríveis.

Vem conhecer o talento da Tainá!

Brenda Martins: Faça um breve resumo e me conte o que te move? 

Tainá Hinds: Absolutamente tudo. Desenhar é uma forma que tenho de me manter  e colocar meus sentimentos pra fora. 



Brenda Martins: Pra você qual é a parte mais difícil de sonhar em viver de arte no Brasil? 

Tainá Hinds: Os empregos relacionados a arte raramente lhe dão a oportunidade de ter a liberdade de se expressar como bem entende.

Brenda Martins: Se você pudesse mudar alguma coisa em relação a isso o que seria? 
Tainá Hinds: Mais campanhas na escola conscientizando a geração mais nova e incentivando-os 



O que mais admiro nos desenhos da Tata (apelido carinhoso mesmo) é que algumas coisas parecem tão simples mas ela enche de cor e de coração, porque sei que ela faz com muito amor e ai tudo fica lindo e para fechar esse post vou deixar o desenho do amor da vida dela. 



E ai gostaram?  Se vocês quiserem ver mais desenhos da Tainá, deixem nos comentários  e o Instagram dela é o @Tainahinds!

Não esqueçam de curtir a página"Hey Brends" no Facebook para acompanhar ainda mais histórias de apaixonados por arte.

Um beijo e até a próxima!

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Olimpíadas!


Hey! 

Estamos em clima de Olimpíadas e por isso eu trouxe para vocês uma vídeo contando um pouco da minha experiência nos jogos olímpicos. Gostaria de lembrar também que agora estou me dedicando ao meu canal do youtube e se você quiser se inscrever e me acompanhar por lá também, será muito bem vindo.

Vem conferir <3






Toda Segunda-feira eira tem vídeo novo com temas diversos, espero vocês lá também para que possamos bater vários papos sobre muitas coisas.

Um beijo!